Os 4 maiores erros que empreendedores cometem ao desenvolver um aplicativo

É fato: ter um aplicativo é um diferencial para a sua marca. Dependendo de sua finalidade, ele não serve apenas para comercializar produtos ou serviços, mas também para melhorar processos internos de uma empresa, resolvendo problemas pontuais de uma forma inteligente.

Isso não significa que o seu desenvolvimento possa ser feito de qualquer jeito. Para garantir qualidade e usabilidade do seu app para o seu público, preparamos um material com os principais erros que empreendedores cometem quando decidem desenvolver um aplicativo para valorizar a sua marca.

Depois queremos trocar figurinhas para saber o que você achou do conteúdo abaixo. Partiu?

ERRO #1: NÃO VALIDAR O PROJETO

Tudo bem, imaginamos que a sua ideia seja incrivelmente disruptiva para o mercado, mas só isso não garante o seu sucesso. Sua ideia pode ser inovadora e mostrar impacto na área em que se encontra, mas é preciso validá-la antes de qualquer outra ação. Se lançada para o mundo antes dessa etapa, seu app corre o risco de não se tornar tão rentável quanto você imaginava.

A validação é fundamental para modelar seu aplicativo com base em processos de negócios já existentes. É uma fase que envolve muuuito trabalho para especificar alguns pontos chaves do empreendimento. Por isso, nesta etapa são feitas pesquisas de mercado, feedbacks da ideia, construção de MVP (produto mínimo viável), elaboração da sua identidade e estruturação do seu plano de vendas… Ufa! É bastante coisa, né?

Então imagina não organizar tudo isso antes iniciar o desenvolvimento de seu aplicativo? Não esqueça: seu app nasce para melhorar processos, transformando a experiência de seu cliente, não para dar dor de cabeça para ambos os lados. Por isso, a etapa de validação é vital para o sucesso do seu aplicativo.

ERRO #2: DEMORAR PARA LANÇAR O PROJETO

Você só vai ter a certeza de que seu produto está no caminho certo a partir do momento em que ele for apresentado para o público alvo. Por isso, é imprescindível ganhar tempo para que o projeto seja testado e validado antes da ideia se tornar ultrapassada. Vamos explicar!

Antes de embarcar numa história conosco, você precisa ter em mente que o tempo de desenvolvimento de um software é relativo, pode durar três meses, seis ou até um ano. E o tamanho da jornada pode influenciar (muito) no produto final e na experiência de seus clientes.

Imagine este cenário: a pessoa validou a ideia, mas não conseguiu priorizar o desenvolvimento do aplicativo da sua empresa. Reuniões com a equipe de programação foram adiadas, ocorreram mudanças no meio do caminho e foi acordado entre software house e empresa que as etapas fossem realizadas com calma.

Levou cerca de oito meses para o aplicativo finalmente ser lançado e, quando isso aconteceu, ele não obteve o sucesso planejado e validado anteriormente. Além de gastar tempo e dinheiro com as aplicações, você tinha uma ideia brilhante que pode não ser mais consumida, pois o mercado mudou durante a sua jornada de desenvolvimento.

Inúmeros motivos podem ser apontados para o fracasso de seu aplicativo. Por exemplo, sua concorrente lançou um semelhante e supriu a necessidade da sua área antes que você. Os problemas que seu app solucionava não precisam mais ser resolvidos, pois novos desafios foram lançados na sua área e são a tendência do momento.

Por isso, a projeção de lançamento é um ponto importante de ser considerado desde o início. O ideal é lançar um aplicativo bom e que entregue uma experiência incrível para o seu cliente. Os aperfeiçoamentos devem ser considerados (e realizados) durante toda a existência de seu produto.

ERRO #3: CONTRATAR UMA EMPRESA OU PESSOA SEM QUALIFICAÇÃO

Somos fãs da história do padeiro e já explicamos ela em nosso feed de redes sociais. Decidimos trazer ela para cá. De forma resumida, ela mostra como o barato pode sair caro quando não há estratégia, conhecimento e especialistas trabalhando no desenvolvimento de seu aplicativo.

Imagine que o padeiro se chama João e decidiu fazer um app para aumentar as suas vendas e competir com grandes players de sua área. Até aí tudo bem, né? Então, ele tem uma ideia “genial” de como ele quer o seu aplicativo, mas comete um deslize em não validar o projeto antes.

Ele decide seguir em frente e contrata seu sobrinho, que sabe mexer no pc, mas é a pessoa errada para o que ele precisa. O sobrinho, que começa a descobrir as adversidades da área de desenvolvimento de apps, se assusta e desiste do projeto.

Desesperado, o padeiro procura uma empresa que promete entregar o melhor aplicativo que ele já viu a preço de banana. Por conta do valor investido, os profissionais pulam diversas etapas e entregam um produto com pouca usabilidade.

Já pensou em quanto tempo o padeiro perdeu? Ele precisa começar tudo do zero, depois do valor e tempo investido, pesquisando uma empresa qualificada que consiga atender a sua demanda — que deu uma dor de cabeça danada. Por isso, não se pode agilizar na escolha de uma Software House. Troque ideias com quem cuidará do seu projeto, confira aplicativos que já foram lançados pela empresa e esteja seguro para começar o desenvolvimento de seu app com o pé direito.

ERRO #4:  ESCOLHA DAS TECNOLOGIAS

O último erro é muito comum de acontecer. Afinal, as tecnologias disponíveis no mercado são incríveis e podem potencializar a usabilidade de seu projeto. Porém, muitas vezes não é realizada uma análise do contexto a fim de escolher a técnica mais indicada para a sua aplicação.

Ou seja, você pode decidir entre as opções existentes em tecnologias híbridas ou nativas, por se identificar mais com uma — sendo que a experiência de seu aplicativo poderia ser mais impactante e positiva com a outra. Caso ela precise ser alterada no meio do caminho, quando constatados problemas de usabilidade, você terá perdido tempo, investimento e até características do projeto que já tinha definido. E vamos combinar que isso não é nada empolgante, né?

Por isso, é necessário muita pesquisa e análise para escolher uma tecnologia que ofereça sustentabilidade para a sua aplicação, suportando um grande número de usuários, e gerando leads e dados para tomada de decisões.

kobe-desenvolvimento-de-app-mobile-artigo-05-03

CONSIDERAÇÕES DA KOBE ❤

Se você está lendo este conteúdo é porque provavelmente você quer criar “o novo Uber” do seu mercado, certo? Nós achamos isso incrível, mas também sabemos o quão complexo é esse processo. Por isso, é fundamental que você conte com uma empresa especializada que desenvolva um aplicativo de alta qualidade e com foco no seu objetivo de negócio.

Caso você tenha alguma dúvida, marque um cafezinho com a Kobe e vamos conversar.

Leave a Reply