A Kobe na Global Game Jam 2019

Do dia 25 a 27 de janeiro a Kobe esteve presente na Global Game Jam, uma maratona colaborativa de desenvolvimento de jogos que acontece anualmente no mundo todo. A maratona de desenvolvimento conta com sedes em diversas partes do mundo, e no Rio Grande do Sul temos a Unisinos como uma das principais sedes desde 2012. Figurando desde 2014 entre as 5 maiores sedes do país, a Unisinos contou com 118 participantes em 2019 e esse ano a Kobe esteve presente no evento pela primeira vez como uma das empresas apoiadoras. Nesse artigo, queremos compartilhar como foi essa experiência!

A Global Game Jam funciona da seguinte forma: no início do evento é fornecido um tema e os participantes devem se reunir em grupos e criar um jogo que englobe esse assunto em 48 horas. O foco do evento é a colaboração entre os participantes, que devem ficar presentes na sede durante a maior parte do tempo para desenvolverem seus jogos em um ambiente onde possam trocar ideias com outros grupos a qualquer momento. Com o passar do tempo, o evento acabou se tornando um marco anual para o público de desenvolvedores de jogos, que no último final de semana da janeiro de todo ano saem do conforto de suas casas levando colchões, cafeteiras e seus equipamentos de desenvolvimento para um local diferente e passam dois dias em um processo que proporciona enorme desenvolvimento pessoal e técnico.

kobe-desenvolvimento-de-app-mobile-artigo-03-3-min

Parte da nossa equipe de desenvolvimento de jogos esteve na sede da Unisinos contribuindo com os participantes de diversas formas. Nosso time ofereceu mentoria aos participantes, fornecendo dicas e sugestões sobre as ideias dos jogos, e também ajudando com a resolução de bugs. Além disso, foram criados diversos posters digitais contendo dicas de sobrevivência para o evento, como itens indispensáveis e boas práticas de trabalho em grupo, disponibilizados através das redes sociais do evento. Para fechar, a Kobe também disponibilizou, em parceria com a Unisinos, um espaço relax, que contou com um PlayStation 4 e alguns jogos para a galera dar uma descansada durante os intervalos no desenvolvimento.

Estar em um ambiente de tanta colaboração e determinação entre os participantes foi muito satisfatório e enriquecedor para o nosso time. Durante todos os dias de evento foi possível observar um grande foco entre as equipes, determinadas a trabalharem incansavelmente para entregar o melhor produto possível. Além disso, foi muito interessante observar a grande organização entre os membros, sendo que a presença de diversos gerentes de projetos foi um ponto muito importante e que com certeza colaborou com o resultado final dos jogos e um ambiente de trabalho organizado, mesmo em equipes com grande número de participantes.

Tendo como tema “What home means to you” (o que lar significa pra você), o próprio keynote do evento desde o início valorizou muito a importância de criar jogos que os participantes gostariam de jogar mas que também se divertissem durante o processo de desenvolvimento. E além disso, também foi muito ressaltada a importância da colaboração e experimentação entre as equipes, a coragem para tentar coisas diferentes, tanto em termos de features como no processo de criação da equipe. Esses são pontos que também valorizamos muito na Kobe!

Ao final do evento, decidimos deixar alguns kits com lembranças para alguns participantes. Mas não queríamos fazer apenas um sorteio, queríamos de certa forma reconhecer não somente o resultado final dos jogos desenvolvidos durante o evento, mas as características individuais dos participantes que levaram eles a ter um bom resultado no final do evento. Para isso, escolhemos três características que envolvem alguns dos valores da Kobe para destacarmos: ownership (senso de dono), trabalho em equipe e design driven (movido pelo design).

kobe-desenvolvimento-de-app-mobile-artigo-03-1-min

Comentamos com os participantes um pouco sobre cada uma dessas características e como elas são importantes para nós e também para eventos como a Global Game Jam. O trabalho em equipe, que com muita colaboração e comunicação, traz resultados incríveis ao time. O ownership, que faz com que os participantes sejam proativos a provocar mudanças nos ambientes em que se encontram, acreditando em si mesmos e assim, liderando os colegas pelos exemplos que dão. E o design driven, que faz com que os participantes usem a inteligência para trazer não somente problemas, mas possíveis ideias de soluções, tentando estratégias diferentes das que estão habituados e inovando nos seus processos.

Também destacamos a vitória dos participantes em chegar ao final do evento, mesmo que às vezes não tão satisfeitos com o resultado técnico do seu trabalho. Nosso time, já tendo participado de Game Jams anteriormente, entende como em 48 horas nem sempre é possível terminar o jogo com o qual estava-se sonhando no início do evento, mas que nessas mesmas 48 horas pode-se aprender muito mais do que somente desenvolvimento técnico, pode-se ter um enorme desenvolvimento pessoal e profissional. Conhecer pessoas, testar os jogos dos outros grupos, colaborar para resolver algo que o outro pode estar enfrentando dificuldade e motivar os colegas e criar soluções inovadoras são características que podem ter um desenvolvimento iniciado nessas 48 horas, mas vão ficar presentes com todos por muito mais que isso.

Este artigo foi carinhosamente escrito pela Alice Abreu, Game Developer da Kobe.

Leave a Reply